Horcrux

A escola de magia e bruxaria de seu país!
 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seCalendárioConectar-se

Compartilhe | 
 

 Sala de Poções

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Eagle Astrid
Professores
Professores
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 71
Idade : 52
Localização : Provavelmente realizando uma pesquisa em sua sala.
Data de inscrição : 26/10/2007

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
980/980  (980/980)
PM (Pontos de Magia):
290/290  (290/290)
PH (Pontos de Habilidade):
270/270  (270/270)

MensagemAssunto: Sala de Poções   Sab 02 Fev 2008, 10:33 pm

A sala de poções se encontra no andar mais subterrâneo do forte. Para chegar lá é preciso de aproximadamente 5 minutos descendo escadas. Assim, fica garantido que a iluminação natural não chegará à sala, pois luz em excesso estraga alguns ingredientes e algumas poções.

A sala é iluminada com poucas tochas que emitem uma luz verde; assim, ela tem um aspecto escuro, sombrio. Não que as aulas terão esse aspecto, mas é preciso no preparo de poção escuridão, calma e paciência. As carteiras se distribuem uniformemente, e têm um espaço à direita para os caldeirões. à frente da sala há apenas a mesa do professor.

No fundo da sala está o depósito de ingredientes, antes aberto, mas foi fechado a partir desse ano por Carmen, a diretora, e a senha foi dada apenas ao professor de poções, Eagle Astrid.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eagle Astrid
Professores
Professores
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 71
Idade : 52
Localização : Provavelmente realizando uma pesquisa em sua sala.
Data de inscrição : 26/10/2007

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
980/980  (980/980)
PM (Pontos de Magia):
290/290  (290/290)
PH (Pontos de Habilidade):
270/270  (270/270)

MensagemAssunto: 1ª aula   Sab 15 Mar 2008, 5:47 pm

Eagle chegou à sala, ainda vazia, meia hora antes da aula para organizar tudo para que os alunos pudessem ter o melhor aproveitamento possível. Organizou os caldeirões ao redor das cadeiras, esterilozou as mesas para não haver nenhum tipo de contaminação nos ingreditentes e foi ao armário de ingredientes para pegar o que seria usado na aula. Fechou então o armário e pôs os ingredientes em cima de sua mesa.

Então escreveu com sua varinha no ar: "Sejam bem vindos alunos do primeiro ano à sua primeira aula de poções!" E esperou pela chegada dos alunos.

Então foram entrando. Quando a sala já estava quase cheia, um sino, programado por Eagle, tocou dentro da sala.


-Então alunos, começaremos a aula agora! Sejam bem vindos! Tenho certeza que aqui aprenderão muitas coisas e muito úteis por sinal. Devo dizer que não tolero atrasos, quem chegar atrasado, não entra na sala. (OFF- É considerado atraso alguém postar mais de 3 dias depois do post da aula. No caso, este.- OFF).

Eagle então se locomoveu um pouco e com mais um aceno, mas palavras flutuantes apareceram: "Aula 1 - Poções antídotos"

-E esse é o tópico! - Diz Eagle apontando para as palavras. - Pois bem, muitos de vocês já podem ter ouvido falar que Bezoar é o ingrediente mais comum para antídotos. Sim, isso é verdade, e é também o melhor de todos. Mas, aqui no Brasil, o Bezoar é relativamente caro e então há algumas alternativas de antídotos um pouco mais fracos, MAS QUE FUNCIONAM, e que podem ser preparados com ingredientes mais comuns, que são:

Mais um aceno de varinha e uma lista aprece flutuando no ar:

"1. Essência de qualquer planta que contenha espinhos.
2. Água
3. Pétalas de flor que não contém espinhos.
4. Pedacinhos de uma gramínea qualquer.
5. Pó de Shank"


-Explicarei como deve ser feita a poção. Primeiro deve-se por a água no caldeirão, e aquecê-la até ela quase ferver, mas não deve-se deixa-la ferver! Então, vocês devem desligar o fogo e adicionar, NA ORDEM: a essência, as pétalas e os pedaços de gramíneas, e misturar bem. O sentido de movimentação depende da planta de que for usada a essência. Se for uma planta com coloração escura, deve-se mexer no sentido horário. Mexe no outro sentido se for planta de cor clara. Depois que a essência se dissolver completamente e as pétalas e gramíneas perderem um pouco da coloração, Vocês devem adicionar o pó de Shank. Esse pó é uma mistura de várias coisas, e tem esse nome porque foi desevolvido por um famoso preparador de poções brasileiro chamado Lucas Shank. Ele serve para desintegrar os pedaços sólidos da poção. Mas atenção: Depois de adicionado o pó, deve-se mexer a poção no sentido inverso ao anterior! Quando terminada, a poção deve parecer-se com água, ou seja, será transparente.

-Há também uma proporção nos ingredientes. Para cada litro de água, vai duas gotinhas de essência, 3 pétalas e 10 folhas de gramíneas. O pó deve ser administrado pela visão. Ao ver que você jogou o pó, misturou e~os ingredientes sólidos se dissolveram, deve parar de jogar. Um pequeno erro aqui pode acabar com a poção e talvez até transformá-la num veneno.

-Eu dificilmente passo tarefas para vocês, mas vocês devem preparar a poção do dia aqui e agora! Podem começar, eu gostaria que vocês preparassem de 1 a 5 litros de antídoto. Os ingredientes estão aqui na minha mesa. A água sairá dessas mangueiras que estão ao lado dos caldeirões. Qualquer dúvida podem vir me perguntar.


Na mesa havia várias rosas negras, margaridas, pedaços de grama, sujos de terra, e alguns potinhos pequenos com um pó rosa dentro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Headswitch
1° Ano- Curupira
1° Ano- Curupira
avatar

Número de Mensagens : 45
Data de inscrição : 01/03/2008

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
140/140  (140/140)
PM (Pontos de Magia):
20/20  (20/20)
PH (Pontos de Habilidade):
35/35  (35/35)

MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   Dom 16 Mar 2008, 12:16 am

Head entra na sala, e logo se senta na ultima carteira.
Ele pega o caderno e espera para o inicio da aula, O professor entao começa sua aula, minutos depois.
Eagle começa mostrando um ingrediente útil, e logo Head pega o caderno, e anota no topo da folha
"Aula de Eagle GASTRITE" e começa a rir de si mesmo, pela piada idiota.
Ele continua anotando todas as informaçoes em tópicos, a medida que o professor passava a matéria, mostrando como se fazer um antidoto.
No final da aula, Eagle passa uma tarefa, e tendo anotado tudo, Head Pensa nao ter tanta dificuldade, e começa a executa-la.
Head pega o caldeirao e preenche com cerca de 2L de agua, ele acende o fogo, e se distrai enquando a agua ferve; Não percebendo a água ferve demais, porém Head nao percebe e continua sua tarefa.
Ele 20 folhas de grama, 6 petalas de margarida e 4 gotas de essencia, mistura, e joga tudo no caldeirão.
Ele começa a mecher no sentido Horário, e espera dissolver...
Quando percebe que a coloraçao daas plantas perderam a força, ele vai até o professor e pergunta!
- Professor, esse pó rosa é o tal Pó de Shank?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eagle Astrid
Professores
Professores
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 71
Idade : 52
Localização : Provavelmente realizando uma pesquisa em sua sala.
Data de inscrição : 26/10/2007

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
980/980  (980/980)
PM (Pontos de Magia):
290/290  (290/290)
PH (Pontos de Habilidade):
270/270  (270/270)

MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   Dom 16 Mar 2008, 12:20 am

Eagle percebe que o primeiro aluno a tomar uma atitude quanto à preparação da poção é um bem grande, que nem ao menos parece com um aluno de primeiro ano. Mesmo assim, observa que ele faz quase tudo certinho.

-Muito bem, está ficando boa sua poção. Qual seu nome caro aluno? E sim, esse é o pó de Shank, mas pegue-o e ponh rápido na poção, ela não pode ficar muito tempo sem ser mexida...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Headswitch
1° Ano- Curupira
1° Ano- Curupira
avatar

Número de Mensagens : 45
Data de inscrição : 01/03/2008

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
140/140  (140/140)
PM (Pontos de Magia):
20/20  (20/20)
PH (Pontos de Habilidade):
35/35  (35/35)

MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   Dom 16 Mar 2008, 12:27 am

Head faz sinal de "Sim" com a cabeça, ele pega o pó, e corre no caldeirão.
No caminho ele vai respondendo a pergunta do professor:
- Meu nome é Headswitch!.... Me chame de.... Head....
E continua mexendo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamui Frederich Großfeuer
1° Ano- Sem Cabeça
1° Ano- Sem Cabeça
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 61
Idade : 26
Localização : Achando um meio de encontrá-LO... e de impressionar os outros... ACHTUNG!!
Data de inscrição : 08/02/2008

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
170/170  (170/170)
PM (Pontos de Magia):
50/50  (50/50)
PH (Pontos de Habilidade):
50/50  (50/50)

MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   Dom 16 Mar 2008, 1:02 am

Estava feliz por ter aula de poções até o momentoem que vejo que é o professor... o cérebro de passarinho lecionará poções... tenho que me preparar para aprender sozinho como fazê-las, ainda bem que existe o Elrik!!
Ao chegar sento relativamente a frente, ao lado de Head.
Pego meu caderno e escrevo, como de costume.

*Poções (Wdbr) - Gehirn von Vogel*

Após ouvir as devidas explicações vou pegar os igrendientes sem olhas ou ascenar para Eagle.
Volto para a bancda e pego Quatro litros deágua e despejo dentro do caldeirão. Enqunto retirava a essêcnia da rosa negra que havia pegado e destacava as pétalas da margarida e picava a grama. Qunde terminei aágu parecia estar quase fervendo, imediatamente coloquei na ordem os igediente que iriam para o caldeirão: essência, as pétalas e os pedaços de gramíneas.
Desiguei o fogo e coloquei 8 gotas de essência, 12 pétalas e 40 gramíneas.
Comecei a mexer tudo para o sentido horário observo atentamente, não mais essência sem se dissolver, as pétalas ficaram mais alvas e a gramínea parecia ter empalidecido, imediatamente coloco o pó rosa de Shank. Comeco imediatamente a ,exer no sentido inverso: o anti-horário.

Algum tempo depois o líquido fica tranparente, assim tiro o mexedor do caldeirão, coloco-o a direita dele e escrev tudo o que fiz.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Headswitch
1° Ano- Curupira
1° Ano- Curupira
avatar

Número de Mensagens : 45
Data de inscrição : 01/03/2008

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
140/140  (140/140)
PM (Pontos de Magia):
20/20  (20/20)
PH (Pontos de Habilidade):
35/35  (35/35)

MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   Dom 16 Mar 2008, 1:18 am

Head parecia preocupado, pois a poçao do colega havia terminado antes.
*-Será que fiz algo errado?*

Ele pensa.
Alguns minutos mais tarde, a solução começa a ficar transparente, e Head passa a se tranquilizar.
-Professor, acho que terminei Smile
E mostra para Eagle seu caldeirão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eagle Astrid
Professores
Professores
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 71
Idade : 52
Localização : Provavelmente realizando uma pesquisa em sua sala.
Data de inscrição : 26/10/2007

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
980/980  (980/980)
PM (Pontos de Magia):
290/290  (290/290)
PH (Pontos de Habilidade):
270/270  (270/270)

MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   Dom 16 Mar 2008, 1:24 am

-Muito bem Kamui, examinarei sua poção, poderá ver sua nota depois no quadro de notas. Parece que fez tudo certinho. Você está liberado.

-E você Head, cometeu alguns errinhos pelo o que vi, mas nada de mais. Também analisarei a sua amostra e depois você poderá ver sua nota. Também está liberado.

-Se quiserem, os dois podem ficar na aula assistindo aos outros preparando suas poções, mas nada de atrapalhá-los! - Fala isso se dirigindo principalmente a Kamui.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Kamui Frederich Großfeuer
1° Ano- Sem Cabeça
1° Ano- Sem Cabeça
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 61
Idade : 26
Localização : Achando um meio de encontrá-LO... e de impressionar os outros... ACHTUNG!!
Data de inscrição : 08/02/2008

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
170/170  (170/170)
PM (Pontos de Magia):
50/50  (50/50)
PH (Pontos de Habilidade):
50/50  (50/50)

MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   Dom 16 Mar 2008, 1:35 am

Sinceramente não queria ficar naquela sala, primeiro porque não tem uma aparência muito boa: e cheia de bancadas de pedra; não tem um cheiro muito bom e o professor não gosta de mim... Sem muito pensar, cansado de enfrentar os outros logo a priori, pensei que poderia controlar minha arrogância e tentar ter, pelo menos, próximos... uma vez que amigos é quase impossível.
Antes de sair da sala escrevi uma bilhete para o professor, aquela história de bilhete parecia rotina.


- Obrigado, até a próxima aula.

Disse entregando o bilhete a Eagle e saindo da sla em direção à aula de poções.

Citação :
*Bilhete*

Gostaria de conversar com o senhor e Laureon.
Poderia ser essa tarde em sua sala?
Espero que, um dia, possa me receber.
Avise-me por favor com uma arara!

Seu aluno, Kamui F. Gßf
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marie Lupez
1° Ano- Boto
1° Ano- Boto
avatar

Feminino
Número de Mensagens : 31
Idade : 27
Localização : Andando por aí!
Emprego/lazer : Fotografia.
Humor : Inconstante!
Data de inscrição : 11/01/2008

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
140/140  (140/140)
PM (Pontos de Magia):
50/50  (50/50)
PH (Pontos de Habilidade):
50/50  (50/50)

MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   Dom 16 Mar 2008, 11:58 am

Marie entrou na sala do professor Astrid e sentou-se a poucas carteiras de Head. Estava super animada com o ínicio das aulas de Poções e assim que o professor começou a aula pegou seu caderno-pergaminho e anotou o conteúdo da aula de hoje. Primeira aula do Professor Eagle Astrid.Ainda bastante envolvida com as anotações, escreveu os ingredientes da poção e o modo de preparo. Tratou de não esquecer as devidas proporções, porque qualquer erro poderia ser fatal.

Então, levantou-se e foi até a mesa do professor e retirou os ingrediente de que iria precisar para fazer a sua poção de 1L, pois estava com medo de que se fosse usar muito, acabasse errando algum detalhe.



"Espero que eu consiga algum resultado satisfatório".


Marie pegou os ingredientes e voltou a sua carteira. Parada em frente ao seu caldeirão, tratou então de colocar o litro de água e aquece-la até um pouco antes de ferver. Ficou ali entretida vendo a água formar bolinhas pequenas e então desligou a chama.

O primeiro ingrediente colocado foi as duas gotinhas de essência, colocou as três pétalas de margaridas e os pedacinhos de grama. Então começou a mexer no sentido horário, *ops*, reverteu e começou a mexer no sentido anti-horário.



"Ai meu Deus, será que a minha poção vai dar errado? Espero que não." Sorriu encabulada pra si mesma.


Viu que a essência já tinha se dissolvido e as pétalas e gramíneas estavam perdendo a cor. Então colocou o pó rosa na poção. E seguindo as instruções que havia anotado, mexeu a poção no sentido contrário.
Ao final dos movimentos a poção não havia ficado totalmente transparente, havia uma coloroção meio aroxeada.



- Com licença professor Astrid! Acho que errei alguma coisa, a minha poção não ficou transparente.


*Desespero*


- Acho que não esperei as petálas perderem totalmente a cor, será que foi isso? Havia um sinal de lágrimas em seus olhos, mas ela conseguiu os conter.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://viagemfamiliar.blogspot.com
Gretgor de Faskabot
1° Ano- Boto
1° Ano- Boto
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 40
Idade : 27
Localização : Pen Island
Data de inscrição : 13/02/2008

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
180/180  (180/180)
PM (Pontos de Magia):
70/70  (70/70)
PH (Pontos de Habilidade):
50/50  (50/50)

MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   Dom 16 Mar 2008, 6:14 pm

Gretgor, sem fazer anotações, repetia mentalmente o que lhe havia sido ordenado.

Ferver água no caldeirão.

Gretgor pega seu caldeirão, com uma certa tensão que fazia esse gesto parecer um longo processo. Logo ele adiciona água, sem muita certeza de quanto deve-se usar, pondo até a metade do caldeirão, dando um litro. Depois disso, acende a brasa do fogo manualmente, com uma caixa de palitos de fósforo que havia deixado dentro do caldeirão enqüanto este estava na mochila, por não saber como acender usando uma varinha.

Após alguns minutos, Gretgor nota que as primeiras pequenas bolhas estão vindo do fundo do caldeirão, então ele apaga o fogo com um sopro bastante forte e desengonçado.


Adicionar a essência, as pétalas e os pedaços de gramíneas nesta ordem.

Gretgor havia se sentido mais relaxado após terminar o primeiro passo, e logo caminha até a mesa do professor, pega uma rosa negra, uma margarida e alguns pedaços do "capim". Logo que chega até sua carteira novamente, Gretgor senta-se e põe o rosto nas suas mãos, com uma aparência visivelmente tensa.

Será que eu devia perguntar... Vou passar vergonha na sala...

Gretgor toma sua decisão de perguntar ao professor.

"Professor... É... Como... C-como deve-se ex-extrair a es-ssência das plant- das plantas com espinhos?"

Antes que o professor pudesse responder, Gretgor levanta-se e faz uma cara feia ao pôr sua mão esquerda na rosa, entre uma parte de galho espinhento abaixo e de pétalas aveludadas acima e apertar com força, fazendo duas gotas de essência pingarem no seu caldeirão, e logo tirando sua mão de cima do mesmo para evitar que caísse sangue de sua mão machucada no caldeirão.

Ponte que partiu. Pensou. Como vou terminar essa poção com uma mão só?

Sem pensar muito mais nisso, Gretgor pousa sua mão esquerda na mesa enquanto adiciona as três pétalas de margarida, considerando este, se comparado com os outros, o passo mais bem-sucedido até agora.

Logo depois, como se tivesse pressa, Gretgor começa a fatiar as gramíneas, usando sua mão direita para arrancar e segurando com sua mão esquerda usando sua varinha, para evitar contato com a mão sangrando. Sentiu que saiu-se muito bem nesse passo, enqüanto adicionava as 10 folhas de gramíneas com cuidado ao seu caldeirão.

Quando terminou, lembrou-se de memória do próximo passo.


Mexer bem. Se for gramínea escura, mexe horário, se for clara, anti-horário... E agora? Ponte que partiu, mil vezes ponte que partiu! Essa droga dessa gramínea era clara ou escura? Eu devia ter olhado melhor...

Gretgor pensa um pouco, e decide que grama é escura, e começa a mexer o caldeirão vigorosamente, mas devagar, em sentido horário.

Quando finalmente havia se dissolvido a essência e as gramíneas haviam assumido cores desbotadas, Gretgor solta um "yes!" baixinho e tateia sua mesa para pegar o pó de Shank.


Ops... Esqueci do pó, hehehe.

Gretgor então anda até a mesa do professor Eagle mais uma vez e pega o pó, um tanto envergonhado de olhar para o professor.

Adicionar pó de Shank. Se eu mexi horário, agora eu mexo anti-horário?

Gretgor adiciona o pó, pouquinho por pouquinho, olhando como se calculasse a composição química através de um olho super-poderoso, ainda repousando sua mão esquerda à mesa segurando sua varinha. Ele logo pega o objeto de mexer de novo e torna a mexer a poção, vigorosamente no sentido anti-horário, até ver os ingredientes desaparecerem.

Naquele momento, apesar de sua mão esquerda arder contra a varinha e sua cabeça estar quente de tantos pensamentos, tudo em que Gretgor conseguia pensar era:


Sucesso!

Após alguns minutos, Gretgor se deparou com uma poção quase transparente, um pouquinho escura, mas escura de um modo ínfimo. Continuou mexendo.

Quando viu que a poção não poderia ficar mais clara, Gretgor parou, levantou sua mão esquerda sangrenta e disse:


"Ô professor, terminei!"

Gretgor permanece sentado, com uma espécie de sorriso tenso no rosto, esperando a aprovação do professor.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Eagle Astrid
Professores
Professores
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 71
Idade : 52
Localização : Provavelmente realizando uma pesquisa em sua sala.
Data de inscrição : 26/10/2007

Folha do personagem
PV (Pontos de Vida):
980/980  (980/980)
PM (Pontos de Magia):
290/290  (290/290)
PH (Pontos de Habilidade):
270/270  (270/270)

MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   Qua 02 Abr 2008, 11:08 pm

Eagle recebeu o bilhete de Kamui, leria depois, tinha uma aula para terminar agora. Apenas se despediu do menino:

-Até mais.

Então voltou a assistir aos outros alunos que preparavam as poções. Viu que uma Marie estava meio inquieta, e realmente não estava pensando muito bem, pois viu que a menina mexeu a poção no sentido totalmente contrário ao que deveria mexer.

Quando ela veio até ele, perguntou:

- Com licença professor Astrid! Acho que errei alguma coisa, a minha poção não ficou transparente.

-Sim, cara Marie. Você mexeu no sentido contrário. Isso aqui é um veneno. Veja, geralmente os antídotos são tranparentes, brancos ou de cores claras, e os venenos são roxos ou de outra cor escura. Se você fizesse isso em um lugar isolado e seu amigo estivesse envenenado e você desse isso pra ele, ele apenas morreria mais rápido, tome mais cuidado. Você está dispensada. Pode sair quando quiser.

Eagle então voltou a assistir aos alunos. Gretgor lhe fez uma pergunta, mas o professor viu que o aluno desistiu da resposta, então ficou quieto.
Quando Gretgor terminou, veio entregar a poção.


-Muito bem, essa ficou boa, quase perfeita, preciso analisá-la para ver o que há de errado. O senhor também está dispensado.

Ao ver que todos da sala já haviam terminado, Eagle também se dirigiu para a saída da sala.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Sala de Poções   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Sala de Poções
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» » Andar inferior: Biblioteca & Sala de armas «
» Sala de Armas [NOVA]
» Sala de Gravidade Aumentada
» Sala de jogos
» Sala de Jantar

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Horcrux :: Salas de Aula :: Poções-
Ir para: